Metta bhavana – A meditação, uma classe virtual

Rate this post

Começar por nos lembrar que o propósito desta seção é revisar aquelas praticas e doutrinas que ao ser postas em nossas vidas a transformam, talvez ainda não tenhamos alcançado uma grande visão, talvez sejam muitos nossos defeitos e tendências a tropeços, inclusive asseguro que nos ficam centenas de vidas de purificação. Mas ao praticar assim nossas mentes, pelo menos por uns momentos, se fazem Buda. Ao trazer a nossa vida cotidiana essas praticas e voltar uma e outra vez a elas, nosso potencial vai se realizando e então vivemos como um Buda. Sem dúvida este tipo de experiência ira inclinando a balança do lado do Nirvana.

Meditação 2ª parte. Metta bhavana

Bhavana é uma palavra em pali cujo significado é desenvolver ou cultivar, prefiro a segunda das traduções por que em si mesma nos diz algo sobre como temos de realizar na pratica. Imagina que você é jardineiro e você cultiva um jardim, ou uma pequena horta, mesmo que não saiba muito do tema, asseguro que você dá conta de várias coisas: um jardim requer um certo cuidado regular, que um dia se esquecera de regá-lo e depois esquecê-lo e depois de alguns meses não dará muito bons resultados, também não é uma boa idéia inundá-lo de água para poder esquecer-te de regá-lo durante outras semanas, e outro tema importante, o jardineiro não só desfruta de seu jardim quando este já deu formosas flores e então só então o avalia; normalmente um jardineiro desfruta do que faz, muitas pessoas dedicam seu tempo livre a isso e assim é como relaxam e obtêm prazer, o resultado final lhes importa, claro, desejam ter um formoso setor de margaridas ou alguns tomates saborosos, mas avaliam e desfrutam também enquanto preparam a terra e quando arrancam as más ervas, quando os brotos são quase invisíveis. Essa é a atitude que sugiro que vocês adotem na pratica da meditação não ir só atrás de certos resultados; desfrutar do fato de estar tentando, de estar se auto conhecendo, de se sentar por alguns minutos em silêncio e quietude. O significado de Metta é mais complexo, pode se traduzir por amor universal e talvez isso lhes deixe a coisa clara, mas talvez sintas que é um sentimento muito grande talvez vocês pensem que vocês não experimentam isso dentro de vós. Por tanto eu prefiro separar que seu significado Metta é uma resposta emocional positiva e criativa e poderíamos fazer uma longa lista de seu conteúdo e significado por exemplo: Calma, solidariedade, tolerância, alegria, afeto, reconhecimento, respeito, compreensão, compaixão. Você mesmo pode acrescentar a esta lista aquelas emoções positivas e criativas que sejam mais próprias para ti, isso, responder assim, a qualquer que seja o estimulo é Metta. Se alguém te fala com maus modos você pode responder com aborrecimento e com maus modos, em tal caso você estaria reagindo, e também você pode decidir que você não quer enfadarte nem entrar nessas atitudes e responder com calma em tal caso você estaria respondendo de forma criativa e isso é Metta. Por tanto esta é uma pratica de meditação para cultivar uma resposta emocional criativa e positiva. A pratica tem uma estrutura para nos ajudar, consta de cinco partes cada uma das quais podemos fazer durar 5 ou 10 minutos.

1º Desenvolvemos metta para nós mesmo
2º Metta para um bom amigo/a
3º Metta para uma pessoa indiferente.
4º Metta para uma pessoa difícil.
5º Metta para todos os seres.

 Se não somos capazes de sentir metta para nós, de nos valorizar e nos tratar adequadamente, se simplesmente temos uma experiência negativa de nosso ser e não paramos de nos julgar e nos prender, dificilmente poderemos ser tolerantes e amáveis com ninguém mais. Este começo, longe de ser egoísta é sã e necessário, temos de cultivar respeito para nós mesmo, um sã desejo de bem-estar, felicidade e desenvolvimento, a culpa e o auto castigo não nos levara a melhorar em absoluto, e certamente isto não significa ignorar nossa tendência de tropeços e trabalhar com elas, mas sempre com uma atitude de metta.

 Esta é uma etapa muito bonita, para nossa amiga ou amigo já sentimos metta, lhe avaliamos, sentimos afeto, reconhecemos suas qualidades, aqui se trata de emprestar mais atenção a estas coisas e com a atenção estimulá-las e permitir que cresçam. Desfrutar do fato de sentir amizade, desejar que nosso amigo encontre seu caminho, o que seja que necessite, que seja feliz. Desta podemos extrair energia, inspiração para os outros períodos mais difíceis.

 Cada um de nós é um indiferente para a imensa maioria da gente. Mas quão diferente é a realidade, a profunda interconexão entre todas as coisas e certamente todos os seres, faz com que a palavra indiferente seja uma ilusão um engano. Nesta etapa tentamos reconhecer ao outro como o que é um ser humano igual a nós, provavelmente sofremos por coisas muito parecidas e também a alegria e o bem-estar surgem de fontes similares. Não reconhecer a outro ser humano, não valorizá-lo nos situa muito abaixo de tal condição, nos impede alinhar-nos com a realidade e, portanto é um sério obstáculo em nosso desenvolvimento e nem que dizer que o é na melhora do mundo.

 Seguramente muitas perguntas nos vão surgir nesta etapa, quem pode sentir metta para um canalha? Para alguém que obviamente não tem a razão? Bem que surjam perguntas é muito bom e devemos explorá-las sincera e profundamente, talvez estas questões e sua exploração sejam o primeiro efeito positivo de fazer ou tentar fazer esta etapa. Pela minha parte só direi algumas coisas que alguém que seja “mau” desonesto, grosseiro ou violento não justifica que nós também o sejamos e quando respondemos à grosseria com grosseria, à violência com violência nisso é no que nos transformamos. Por outro lado sugiro que para começar não ponham nesta etapa alguém com quem os problemas são muito sérios, para isso é melhor esperar um pouquinho a ter uma fonte mais forte de metta, mas há muitas pessoas que não gostam de nós por que se vestem assim ou assado, falam de tal ou qual maneira, são hipies, ciganos, burgueses, tolos rápidos etc. Aí é um bom lugar para começar, em todas essas expulsões um tanto irracionais cheios de prejuízos e de pontos de vista inconscientes e daí poderemos progredir paulatinamente.

 Nesta etapa é muito adequado usar a imaginação e estender nossos sentimentos de solidariedade, reconhecimento, tolerância, ou seja, metta, para todos os seres humanos até o ultimo canto da terra, para todos os animais de todas as espécies, para o planeta, mesmo seus rios, seus vales, suas montanhas, suas florestas, talvez para outros mundos. Que ali em onde a existência se expresse sem importar-nos a forma e por princípio nossa mente diga Se, se em vez de não ou mas. Para facilitar o acesso a nossas emoções podemos utilizar vários métodos:

A) Repetir mentalmente uma frase que deseje bem-estar e felicidade; por ex. Que esteja bem e que seja feliz, em cada etapa segundo corresponda. O melhor é que a frase tenha significado para nós.

B) Enfocarmos na área do coração, esta zona esta relacionada com os sentimentos e emoções e, além disso, em muitas tradições incluindo a Budista é um centro de energia Psíquica, talvez baste com colocar aí nossa atenção com a intenção de desenvolver uma emoção de metta.

C) Enfocando-nos na mesma área, visualizar uma esfera de luz dourada, sua pureza nos podem evocar a emoção positiva.

D) Uma paisagem, especialmente formosa e serena é nos imaginamos aí e depois a cada pessoa de diferentes períodos, ao imaginar que estamos em semelhante lugar pode surgir uma experiência de meta. Mas devemos ter claramente que o objeto de nossa meditação não é a frase ou a luz ou o que seja que utilizemos como métodos, o objeto de atenção nesta pratica é a emoção. Também não consiste em nos auto-enganar, nem fingir nem disfarçar nossas emoções, se ao conectar com elas surge algo que não se torna muito positiva, vemos claramente nosso sentimento de indiferença ou enfado, não é questão de tapá-lo fazendo ressoar muito alto a frase ou algo assim. Reconhecer o que sentimos é imprescindível para poder transformá-lo e talvez o normal seja que durante bastante tempo só poderemos ir um pouco mais além da emoção não muito positiva que temos.

Se por exemplo ao fazer a quarta etapa descobrimos que sentimos raiva para essa pessoa, não séria muito adequado seguir e seguir sem mais mandando-lhe amor como se não sentíssemos esse aborrecimento, talvez o mais adequado seja tratar de sossegar-mos, de ter responsabilidade pelo que sentimos, deixar de tão só projetá-lo, reconhecer que o aborrecimento é uma forma de ódio, ir acalmando-os e se depois de alguns minutos estamos mais serenos eu acho que a metta esta produzindo, chegaremos La mais vezes com pratica e paciência que aliás também é metta.

O acordaram de um anuncio que há muitos anos havia pela tevê da Coca Cola: Um grupo de pessoas saía no meio de um jardim idílico, cantando “ao mundo inteiro para se reunir e com todos cantar e todos juntos… la la la” e iam se aproximando mais e mais pessoas com um aspecto um tanto bobo e sendo pegos pela mão giravam estericamente etc etc. Pois bem, isso não é metta, metta não é algo romântico, não é algo rosa, nem um fingimento, nem ignorar os problemas que existem tanto no mundo como em cada uma de nossos corações/mente.

Metta é uma tentativa séria de imprimir um giro radical em nossa consciência, certamente este giro se produzirá de forma acumulativa e progressiva, metta esta relacionada com uma visão da realidade da existência que diz que nada existe independentemente do outro, que toda a existência é uma basta rede de fenômenos interconectados e interdependente, formando para alguns as condições para a existência de outros, isto corresponde a tudo desde uma tempestade até certamente um ser humano. Se isto é assim como responder com ódio, com negação, com violência, sem que acabe voltando para nós mesmos, se isto é assim como então ser feliz, ou estar tranqüilos se algo ou alguém mais não pode está-lo.

E como dizia no início ao explicar a palavra bhavana temos de ter a atitude de um bom jardineiro, alegrarmos previamente de nossa tentativa de transformar as respostas emocionais, não esperar grandes experiências de amor enquanto fazemos a pratica, muitas vezes só fora da pratica e onde começaremos a sentir seu efeito, talvez depois de estar fazendo metta você faça do quiosque na terceira etapa, a próxima vez que ver olhe com outros olhos. Bem espero que vocês desfrutem da pratica; Metta bhavana junto com Anapanasati são duas praticas fundamentais de meditação que se complementam muito bem e que se aconselha fazer juntas, ou seja, mais ou menos alternando.

Tradução – www.suamente.com.br – Aprenda mais sobre sua mente!

Fonte: http://www.budismo-valencia.com/Meditacion/metta.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *